Marketing de Relacionamento e o Mercado Pet


Marketing de relacionamento
é o caminho que visa criar e manter um relacionamento contínuo com seu público-alvo, tornando-o foco de todas as ações, a fim de fidelizar esses clientes.

 

    Criar relacionamentos é uma boa estratégia de marketing no ramo pet pois o perfil da maioria dos clientes consistem em pessoas verdadeiramente apaixonadas por seus pets (Petlovers) e que os consideram parte da família;  por isso os proprietários de animais de estimação buscam cada vez mais por atendimentos personalizados, confiáveis, dedicados e que consigam identificar e satisfazer seus desejos. Com base nestas informações, vemos que não há melhor técnica do que criar um relacionamento sólido entre o prestador de serviço e o público-alvo.

 

    Para implementar este tipo de marketing na sua empresa é preciso saber antes de tudo que qualquer técnica ou política deve ser voltada para satisfazer, cativar e fazer o contato com o cliente, ir além de apenas uma única negociação. O importante é que o cliente sinta e passe a outros potenciais clientes a importância de seus serviços na vida dele, para que este propague a ideia de seu produto ou serviço.

    Há no mercado já alguns programas de CRM (Customer Relationship Manager – Gerenciador de Relacionamento com o Cliente) que são verdadeiros gestores para acompanhar e controlar o processo de aproximação entre o prestador de serviços e seu consumidor.

 

Algumas táticas em marketing de relacionamento:

 

1 – Tratamento personalizado – O prestador de serviços deve conhecer o seu público e a partir daí começar a personalizar o atendimento, por exemplo, se os grupos se dividem com critérios em idade, é estratégica a criação de campanhas baseadas nas diferentes fases da vida.

 

2 – Investir no retorno – Mais importante que realizar a primeira venda é fidelizar o cliente criando um relacionamento a longo prazo, surgindo então táticas como o programa de fidelidade, como por exemplo: Uma lanchonete que a cada 10 produtos comprados bonifica o cliente com um outro produto grátis.

 

3 – Pensar a longo prazo – O importante não é realizar a venda e finalizar o contato com o cliente e sim pensar em campanhas a longo prazo.  Deve-se então controlar o momento exato ao final deste período no qual contatar o cliente novamente e fazer uma nova aproximação. É de suma importância que esta tática seja feita com regularidade.

 

4 – Canais abertos – Você pode se conectar com seu cliente, mas também deve encorajá-lo a conectar-se com você e abrir os canais necessários para isso. O cliente deve encontrar facilidade na hora de se comunicar.

 

    O resultado desta relação é que o cliente acaba por se tornar um divulgador gratuito dos serviços prestados, trazendo novos clientes.

 

fontes: Revista CFMV – Ano XXIII N°75 Outubro a Dezembro 2017
http://marketingdeconteudo.com – acessado em 20 de janeiro de 2018
Créditos da imagem: www.cabrillopethospital.com acessado em 23 de janeiro de 2018

3 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *