8 dicas de Como Organizar seu Pet Shop da forma Perfeita e Aumentar Vendas!

Existem diversos detalhes que você pode realizar em seu Pet Shop para ganhar novos clientes, fidelizar os que já te conhecem e fazer suas vendas decolem!

Essas dicas não envolvem obras ou qualquer outras atividade que envolva gastos adicionais, mas sim uma analise franca e definição de ações para tornar sua loja e seus produtos muito mais atraentes

INTRODUÇÃO

Ter a Loja Perfeita não precisa envolver obras e grandes transformações, mas pode começar com algumas melhorias de arrumação de móveis e produtos.

Você sabia que a organização dos móveis, iluminação e disposição dos produtos em sua loja pode influenciar na decisão de compra do cliente?

 

Entender como expor os produtos em seu Pet Shop e preparar o ambiente pode ser uma alternativa para ampliar suas vendas e transformar os consumidores em clientes fiéis.

 

Para isso, você precisa montar a Loja Perfeita! Colocar os móveis de forma a contribuir para o fluxo, organizar as prateleiras e produtos de forma fácil de achar, ter um ambiente convidativo e alguns outros detalhes.

 

Vamos aqui compartilhar algumas técnicas para você repensar a arrumação da sua loja e tornar seu Pet mais atraente. 

Para começar tenha em mente que a apresentação da sua loja deve ser uma preocupação diária, desde a fachada, as prateleiras e até placas promocionais devem ser pensada com cuidado. E não será algo que você fará agora e deixará de lado por meses não! Você precisa pensar e repensar, trabalhar e trabalhar sempre para alcançar os melhores resultados.

Selecionamos as 8 principais questões para resolver os problemas que encontramos em nossos clientes. Juntamos aqui a experiência de 17 anos de mercado de distribuição de produtos veterinários com as informações recebidas do nosso time de vendedores e promotores com soluções rápidas, eficientes e de baixo custo.

Não perca mais tempo e selecione o que você precisa melhorar e coloque já em prática!

Pensando um pouco mais sobre o assunto

1. A claridade, limpeza e cara de novo são tão importantes quanto o local onde seu Pet se encontra

O local onde seu Pet Shop se encontra é muito importante. Provavelmente você pensou basante nisso antes de escolhe-lo, afinal sabemos que um ponto estratégico, influencia e muito na visibilidade, fluxo de pessoas e dessa forma nas vendas. Além disso, a loja   escolhida deve comportar os produtos e instalações que você precisa  Afinal não é em qualquer lugar que conseguimos colocar pilhas de sacos de 15kg, não é mesmo?

Mas além da seleção do local, a claridade, a limpeza e a renovação precisam ser observados.

Ambientes limpos e claros são sempre ambientes convidativos. Tenha sempre o cuidado com a limpeza da loja, mesmo que seja necessário limpar mais de uma vez ao dia. Coloque um cheirinho no ambiente. Prefira utilizar produtos que você vende na loja e quando alguém perguntar ofereça o produto. Mas não exagere no cheiro, isso pode prejudicar pessoas alérgicas.

Deixe a luz natural entrar, mas se não tiver essa opção invista em luzes artificiais potentes. Ambientes claros fazem com que as vendas cresçam em média 30% a mais. Não deixe nenhum local sem iluminação, pois os produtos que ficarem nessas regiões serão deixados de lado.

Troque sempre os cartazes e não deixe que nada tenha cara de velho ou sujo. A imagem dos cartazes e informações que tenham cara de velho serão transferidas para a loja ou para os produtos, fazendo com que o cliente acredite que os produtos estão lá a muito tempo e assim possam estar próximos da validade. 

2. Organize suas estantes e produtos de forma a permite que o cliente circule facilmente pela loja

A organização de um Pet Shop, seja ele de pequeno, médio ou grande porte deve ser pensada sempre em como o cliente irá circular e interagir com os produtos. Uma loja organizada de maneira perfeita tem espaço para que o cliente ande sem bater em produtos ou precisar tirar algo da frente para passar. Ele deverá conseguir acessar todos os produtos de forma fácil e conseguirá ver outros pelo caminho.  Isso o induz a percorrê-la e realizar novas compras.

 

Corredores que terminam em uma parede, onde o cliente tem que voltar pelo mesmo local que entrou não são boas escolhas, pois ele terá que passar pelo mesmo local que veio e você perderá a oportunidade de leva-lo em outros pontos da loja e ver novos produtos gerando a possibilidade de compra maiores.


O ideal é que a loja permita um fluxo livre de circulação tendo espaço para mais de um cliente no mesmo corredor, sem que um trombe no outro. Sabemos que na realidade do Rio de Janeiro as lojas não costumam ser muito grandes e/ou largas e melhorar a circulação dos espaços é um desafio, mas mesmo em situações complexas repense o uso dos espaços.  

3. A organização da sua loja deve lembrar o cliente de suas necessidades e despertar o desejo de compra.

Já percebeu que a entrada do supermercado é em um extremo da loja enquanto os produtos de necessidade básica ficam do outro lado? Isso faz com que você percorra todo o estabelecimento e no caminho encontre produtos que não tinha intenção de levar, mas acaba levando apenas por que viu. 

 

Além disso, já vou como colocam um gancho com queijo ralado do lado do macarrão? Isso são vendas por sugestão. Afinal quem compra macarrão precisa de queijo ralado. Por que não fazer a mesma coisa no seu Pet? Quem compra ração pode precisar de um comedouro. 

A organização da sua loja deve lembrar o cliente de suas necessidades e despertar o desejo de compra. Esse desejo é incentivado por todos os itens que vimos a cima, mas também pela visão, 83% das compras são decididas pelo o que se vê. É a visão que decidirá o que o cliente irá levar, e quem não é visto, não é lembrado, não é mesmo?

Assim, quando ele vê o produto disponível ele pode lembrar que também estava precisando de algum item ou mesmo despertar uma necessidade que nem mesmo o cliente sabia que tinha. 

É importante usar a circulação e a organização da loja e dos produtos a seu favor. Coloque os itens de maior saída no final da loja e incentive o cliente a percorrer até lá. Agora, não deixe o produto tão no final e escondido a ponto do cliente não conseguir acha-lo e para isso, vamos falar sobre Categorias.

4. Divida e organize seus produtos por Categorias

È muito importante estabelecer uma lógica na forma com que seus produtos estão expostos, com categorias bem definidas e separadas. Não coloque, por exemplo, medicamentos e itens de higiene na mesma prateleira que alimentos ou não coloque uma ração de um lado e do outro lado da loja coloque mais rações. Disponha todos os produtos da mesma categoria juntos.

 

Assim seu cliente consegue localizar todos os produtos disponíveis dessa categoria no mesmo local, opções de marcas e produtos substitutos. Isso gera facilidade e conforto e faz com que o cliente se sinta mais a vontade dentro da sua loja. E quanto mais a vontade ele fica mais tempo ele passa, mais compras ele faz e mais vezes ele volta. Essa é a lógica que tem sempre que estar em sua mente!

Já os produtos que você quer que tenha mais venda devem, além der estar na área junto com a mesma categoria de produtos, ganhar um ponto extra próximo ao balcão ou produtos de alta cirulação, pois, assim, há maior visibilidade direta pelos clientes e proximidade com os funcionários gerando uma maior recomendação dos produtos.

5. Sua vitrine tem que convidar o cliente a entrar não mostrar tudo o que você tem na loja

Ter uma vitrine não é a realidade da maioria dos Pets no Rio de Janeiro. Como distribuidores conhecemos diversos tipos de Pets. E muitos não conta com uma vitrine propriamente dita, mas sim com largas portas de loja. Mas essa entrada larga também deve ser pensada como uma vitrine, não apenas as grandes janelas de vidro. Afinal vitrine é um espaço destinado à exposição de produtos que estão à venda e você pode fazer isso também na entrada da sua loja.

A questão agora é como você tem organizado sua vitrine? Nesse local de exposição você deve destacar seus principais produtos e aqueles inovadores que chamem a atenção de quem está passando. Uma outra opção é dar destaque para produtos com um desconto diferenciado. 

 

Em sua vitrine ou na entrada da loja a decoração deve ser agradável, aconchegante e convidativa. Tente evitar acumular muito produtos e colocar tudo amontoado, além de não conseguir dar destaque em nada o cliente não irá precisar entrar na loja, afinal, já vai estar tudo na vitrine.

Quer dar visibilidade para diversos produtos da sua loja, troque a cada semana o que você tem em destaque na vitrine ou na entrada e não coloque tudo de uma vez. Faça conexões com os produtos em destaque, seja por cores ou correlação de utilização. E mude, mude sempre para que os clientes possa ter sempre a curiosidade de parar parar ver o que mudou.

Além disso tome cuidado com eventuais furtos e não deixe pequenos produtos muito expostos na entrada da loja se não houver uma vitrine. Utilize a entrada da loja para exposição, mas não deixe tão na porta a ponto de ser levado por quem passar na calçada.

6. Facilite a compra e o pagamento para o cliente

Já vimos que consumidores que têm suas necessidades atendidas se tornam clientes leais e voltam sempre a loja, dessa maneira, as vendas aumentam você mantem seus clientes fiéis e pode ainda conquistar outros.

 

Por isso, facilite o máximo que puder a compra de seu cliente.  Tenha uma disposição do balcão de maneira que evite filas e que o pagamento não seja demorado.  Tenha opções de pagamento com dinheiro e cartão. Busque ter diversidade de bandeiras de cartão e a modalidade de crédito e débito.

 

Se tiver um sistema de pagamento recomendamos um bom sistema de compra, afinal, nenhum consumidor quer ficar preso na loja por conta de um sistema lento ou que trava a todo momento, mas quer ganhar tempo e fazer suas compras de maneira rápida. 

7. Sinalize as categorias de produtos

Se um cliente entra em seu Pet Shop e tem dificuldade de encontrar o que está procurando, ele pode ficar irritado, sair e, ainda, nunca mais voltar. O cliente deve se sentir à vontade e não ficar perdido dentro da loja. Lembre-se que mesmo a loja já tendo a divisão por categorias é importante que essas categorias sejam fáceis de se achar e entender. Assim nada mais indicado do que uma sinalização com placas.

Essa sinalização com placas devem indicar as seções como alimentos, acessórios, medicamentos, higiene e beleza e dentre outras, Ou podem ainda ser divididas, por exemplo, por animais de estimação como cães, gatos, pássaros, roedores, répteis, peixes e assim por diante. O importante é estar bem segmentado e indicado para que o cliente possa entender a lógica de organização da loja. 


A sinalização é muito importante para guiar novos clientes, mas mesmo os clientes já fidelizados podem precisar delas, uma vez que podem querer um produto que nunca comprou e não sabem onde fica. Além das sinalizações, os funcionários também devem sempre estar prontos para ajudar os clientes a localizarem produtos. 

8. Não deixe faltar produto na prateleira

Um outro problema que pode fazer com que potenciais clientes não voltem a sua loja ou clientes antigos deixarem de ir é a ruptura. A ruptura acontece quando o cliente não encontra o produto que ele procura em sua loja e vai buscar uma outra loja para comprar.

Isso pode acontecer quando ele não encontra um produto principal, como a ração por exemplo ou um produto mais secundário como um suplemento. Pois ele pode optar por comprar tudo junto em um só lugar.

Vendas inesperadas acontecem e um estoque que poderia durar uma mês dura uma semana. E com certeza não iremos reclamar de vendas! Mas é importante escolher uma distribuidora que lhe entrega com agilidade seus produtos e seja um parceiro e não apenas um fornecedor para seu negócio. 


A Linavet entrega no dia seguinte a sua solicitação no Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo para todos os pedidos feitos até as 16h do dia anterior. São produtos das melhores indústrias sempre a disposição do seu Pet Shop e de seu cliente para que você nunca deixe de vender.


Conte com o fornecedor ideal de produtos veterinário no Rio de Janeiro, conte com a Distribuidora Linavet. Distribuidora com mais de 17 anos de mercado e atendimento a todo o estado do Rio de Janeiro.

CONCLUSÃO

Você como empresário sabe muito bem que o trabalho nunca acaba. Mas muitas vezes deixamos de lado alguns detalhes muito importantes com a ambientação pois pensamos que temos coisas mais importantes para resolver. São contas para pagar, produtos para receber, negociações a serem realizadas e muitas outras atividades. 

Mas o ambiente de venda é muito importante para a forma como o seu cliente irá olhar para sua loja e decidir se ele irá querer voltar ou não a comprar com você.

Nosso objetivo com esse material é te incentivar a pensar de forma direcionada a agradar o cliente de forma simples e com o que você já tem, sem custo e despesas extras.

A Linavet está a anos no mercado e entende do negócio muito bem. Sabemos que precisamos aproveitar ao máximo os recursos que temos e com esses recursos aumentar nosso faturamento. Entender o seu negócio e te fazer vender mais é um dos nosso objetivos.

Queremos ser seu parceiro na distribuição de produtos veterinários e pet food e seu parceiro no desenvolvimento do mercado pet do Rio de Janeiro.

Conte com a Linavet!