Quais são as melhores práticas em relação ao armazenamento de petfood e snacks para os animais?

Atualizado: Jun 11



A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) formulou um material para orientar as melhores práticas em relação ao armazenamento de petfood e snacks para os animais.


De acordo com o presidente-executivo da Abinpet, José Edson Galvão de França, o foco principal é auxiliar distribuidores e lojistas em relação às melhores práticas, mas a linguagem é simples e de fácil compreensão. “Dessa forma, é um material interessante, inclusive, para as famílias e suas casas”, comenta.

A entidade tem 40 anos de história e agrega toda a experiência dos associados, muitos deles fabricantes de alimento completo para pets.


Uma das principais tônicas do material é que podem ocorrer falhas nos processos de manuseio e armazenagem dos alimentos. Para evitar momentos como esses, é necessário realizar adaptações específicas nos locais de processamento, distribuição e venda.


Os riscos de contaminação são diferentes em cada etapa da cadeia. “Nos processos industriais, há programas de limpeza, controle de pragas e, principalmente, manejo dos resíduos. Por isso, é um ambiente com baixíssimo risco de contaminação. Na distribuição, o risco ainda é considerado baixo, pois, geralmente, os produtos estão embalados e o controle de pragas é exigido pela fabricante. No entanto, é fundamental adotar práticas de limpeza industrial. É necessário, agora, que tanto os pontos de venda, quanto as famílias adotem medidas adequadas”, destaca França.


É necessário, agora, que tanto os pontos de venda, quanto as famílias adotem medidas adequadas de armazenamento do alimento


Confira algumas dicas simples, presentes no material editado pela Abinpet:


• O local de armazenamento do petfood deve ser protegido da chuva e sol;

• É importante cuidar de condições básicas de higiene e limpeza; afastado de umidade, ventilado e em bom estado de conservação;

• Em áreas de muita circulação de insetos, telas melhoram a proteção contra pragas;

• Mantenha ralos sem utilização tampados;

• Nunca armazenar os produtos diretamente no chão;

• Eliminar do local todo e qualquer material que não apresente utilidade funcional, como materiais plásticos, caixas de papelão antigas, pedaços de madeira e metais.


Fonte: https://caesegatos.com.br/abinpet-lanca-material-inedito-com-orientacoes-sobre-armazenamento-correto-de-petfood



15 visualizações0 comentário